31 ago 2010

Enteada


Quando eu era solteira, não queria homem rico ou gatíssimo para ser meu marido…Eu só pedia para Deus me mandar um homem que não tivesse EX, nem filhos e que estivesse disposto a ter um relacionamento sério e duradouro, sendo principalmente fiel. Ele me mandou este homem, mas esqueceu de retirar os dois primeiros itens, hehe.

Mas como diz o ditado, Deus escreve certo por linhas tortas e esses itens nunca foram empecilhos em nossas vidas, com excessão das EX´s que foi motivo de várias brigas…pq o Alex não teve só uma, teve várias….hehe….

Mas o post de hoje é pra falar da minha enteada, é, eu tenho uma, e já comentei em alguns post´s lembra? Ela têm 8 anos e se chama Nicole, quando comecei a namorar o pai dela, ela tinha apenas 2 anos e acho que isso ajudou muito na nossa relação, pois nós nos damos super bem, eu a adoro e a considero como uma filha.

Pensei em fazer este post, pq assim como eu, muita gente têm ou tinha receio quando o marido ou namorado têm filho com outra pessoa…Não vou dizer que é fácil, pq não é, se você já passou por isso deve saber…mas não cospe pra cima não, que cai na testa. Percebeu o começo do post né?! rsrs

Eu ainda dei sorte, pq ela gosta de mim e eu dela, mas imagina se ela não fosse com a minha cara? Tava ferrada! rs. Muitas amigas comentam do nosso carinho, das nossas conversas e como nós temos uma relação bacana…é eu tbm acho isso. Ela é meio “esquecida”, desorganizada e atrapalhada e eu tento ajudá-la com isso de forma amiga e não como madrasta. É tipo as dicas que dou aqui no blog, tudo o que eu falo para ela fazer têm argumento e ela acaba compreendendo bem as coisas que tento passar.

Quando aquela madrasta Ana Carolina machucou e jogou a menina da sacada, ela comentou comigo e disse assim:

- Vix, se fosse minha madrasta eu enfiava a faca. Daí minha mãe começou a rachar de rir e falou pra mim
- Tá vendo Vanessa, fica esperta. E ela respondeu
- Não a Vanessa não, outra madrasta, pq a Vanessa é legal eu gosto dela. Daí ela se complicou, pq eu logo perguntei
- Como assim outra madrasta. Quantas você têm? Daí ela começou a rir e disse
- Só uma ué, mas é exemplo…
- Ah tá, rsrs. completei.

Já passei por muita coisa nessa posição de madrasta, tive que engolir, relevar,  entender ou tentar, mas se você não gostar muito do seu companheiro(a) você não aguenta…hoje é tudo normal, ela tá crescendo e tudo está ficando cada vez melhor.  Ressalto que as coisas que tive que engolir e aceitar não têm relação a ela, e sim com todo o conjunto da peça, ela não têm e nunca vai ter culpa de nada, jamais vou descontar nela ou falar alguma coisa que a magoe…

Voltando…

Bem que uma amiga minha comentou que isso aconteceria, ela teve vários problemas com a EX e o enteado dela e ela sempre me dizia quando começamos a namorar mais seriamente:“Quando ela crescer, ou você ter seu filho, tudo isso passará”…sábias palavras da Gi.

Sobre a educação dela, eu particularmente não me meto nas broncas que às vezes ele dá nela, mas depois comento minha opinião com ele. Se ele não está e ela faz arte, ou fala algum palavrão, besteira…eu chamo a atenção, mas não grito ou faço escândalo, falo numa boa, e ela me respeita. Até pq os pais dela é quem devem fazer isso e não eu…Mas se ela não me escutar faço uma chantagem e digo que vou contar pro pai dela….hohoho…e ela sabe que é pior.

Atualmente ela mora com a mãe, mas eu não acharia ruim se ela morasse conosco. É sério, gosto mto dela e como disse, considero como uma filha, a “minha filha postiça” como eu brinco com ela…me preocupo, quero saber se comeu, se está tudo bem, se está indo bem na escola, arrumando o quarto dela, escovando os dentes e tudo mais.

Ela é extremamente carinhosa com todos e têm uma cabeça boa…quando ela ficou maiorzinha, uns 5 anos, percebi que às vezes ela tinha ciúmes do pai dela. Como por exemplo, andar no shopping de mãos dadas…quando notei isso, parei de ter esses contatos básicos com ele na frente dela (básicos pq nunca nos agarramos na frente de ninguém, principalmente das meninas) e com excessão do casamento, nunca mais percebi essa reação nela.

Falei sobre o casamento, pq ela estava meio triste no dia, não conversou muito, ficava olhando tudo e acho que ela ficou com ciúmes. de ver o pai dela ali, comigo, casando…Pior que tava muito corrido e eu mal pude dar atenção à ela, me arrependo disto, pois só reparei vendo as fotos. Perguntamos à ela pq ela estava assim e ela disse que não era nada…não insistimos, ficou por isso mesmo e hoje ela leva numa boa a história do casamento, da madrasta de verdade e etc.

Os finais de semana ela passa conosco, eu procuro deixar ela à vontade, pegar o que quiser, mexer onde quiser…mas sem quebrar, rs. Temos um quarto só pra ela, e pra minha irmã que tbm morre de ciúmes do Alex, pintamos o quarto de salmão e elas adoraram. Porém quando dormem em casa, colocamos elas no nosso quarto, para não se sentirem excluídas ou isoladas no quarto ao lado…e é uma festa!!

Acho que é isso, um resuminho da minha vida de madrasta. Quem quiser perguntar algo, só deixar um depoimento que eu responderei com maior prazer, aqui e por e-mail

Envio uma foto das duas, para vocês conhecerem.

Enteada e irmãNicole (enteada) e Vitória (irmã), 8 e 10 anos.

Bjos e até =)

Essas e outras matérias pelo Twitter e Facebook.

49 Comentários to “Enteada”

  1. Karina Rocha disse:

    Tenho uma filha linda que veio no pacote. Ela me chama de “mamãe” e foi uma opção dela (um dia inventou uma brincadeia e nunca mais falou meu nome). Ela fica em casa qdo ela quer, não tem dia marcado. Levo pra escola, médico, dentista, coloco de castigo, dou bronca, conto pra mãe dela, pro pai, pra vó. Graças a Deus a ex nunca foi problema pra mim tb pq a minha relação com ele começou muito depois do fim da relação dos dois.
    A Maria é uma delícia, não imagino nós dois sem ela. Agora ela tá muito feliz pq vai chegar um irmãozinho. Pelo andar da carruagem ela vai querer ficar mais perto da gente.
    Ah, no casamento ela tinha 4 anos e não entrou como dama. Ms não foi por ciúmes, foi timidez e nervosismo mesmo, ela tava comigo no hotel, me atrasei, ela saiu correndo já tensa, qdo viu a igreja cheia nao entrou pelo corredor, ms ficou lá sentada no altar e sempre fala do “nosso casamento”.

  2. Fairy disse:

    Eu sonhava com cara rico e lindo sim!! Hahaha
    Filhos eu nem pensava, nunca gostei e sempre achei que teria problemas. Sei que estou sendo um pouco preconceituosa, mas fantasio muito a gravidez e esse momento, quero ser adulada, quero que seja único e que cada momento seja encarado da mesma forma por ele. O encanto não é o mesmo, nunca é.
    A segunda gestação da mesma mulher, já não é a mesma. Que bom que vcs se dão bem!! Acho que eu não me daria.. =/ Sou beeem infantil hohoho
    Beijos!

  3. vidadeesposa disse:

    Oi Fairy!! Td bem mulher??

    Eu tbm tinha este preconceito e dependendo da história, acho q ainda tenho =/

    É claro que eu queria que o pai do meu filho tivesse a mesma experiência que eu, ou seja, que fosse tbm o 1 filho dele. Já conversamos sobre isso mil vezes e ele me disse a mesma coisa que vc, “não é a mesma coisa…”…já conversei sobre educação e quando discordamos eu sempre falo pra ele: “Quando eu tiver meu filho….” e ele me corrige “nosso”, na verdade gosto dessa parte que ele me corrige, por isso que falo…hohoho.

    Acho q se eu tiver um menino vai ser td novo pra ele, mas se tiver uma menina ele já vai saber como é =/

    A gente se dá sim, já teve mtas brigas por causa da mãe dela, pq ela tinha e ainda têm (eu acho) mto ciúmes da Nicole e eu acho normal sabe? No lugar dela eu tbm teria…Uma vez até comentei com o Alex: “Será q ela acha que vai perder o posto de mãe”, faz tempo, mas já rolou….vai entender. Agora com a Nicole crescendo o papo é outro, a Nicole já entende bem tbm, precisa e está sendo mais responsável, amadurecendo…já já ela vai pra casa sozinha e já era….kkkk

    Essa ligação deles é eterna e eu tenho que entender, sou mto ciumenta e com os anos aprendi a desencanar….quase perdi o alex por causa do meu ciumes, até preciso fazer um post disso…kkkk

    É foda, à alguns anos jamais pensaria que estariamos hoje casados, por causa das milhões de brigas por causa da Ex, kkk

    Bjosss

  4. vidadeesposa disse:

    Oi Karina.

    Nossa, mas a mãe dela é bem desencanada hein, lembra uma prima minha que deixou o filho com a minha nova prima hehehe…..a minha relação com o marido começou meio que junto da separação deles, acho que por isso nós nos odiamos por alguns anos. Hoje não tenho nada contra, nem nada a favor e acho que ela vê do mesmo jeito. Não tem jeito, não tem como ela ou eu me excluir do crescimento da Nicole, eles têm uma ligação eterna e felizmente ou infelizmente, eu estarei sempre no meio, na berada, por perto…hehe…ainda mais agora, casada.

    A Nicole têm ciúmes quando falamos em irmãozinho, como ela é chamada de nenem ou princesa, tem medo de não ser + a preferida, até parece, ela sempre vai ser….rsrs. Uma vez ela nos contou que a mãe dela tava esperando um irmãozinho, mas não falou num tom feliz…então acho que é pros dois lados o ciumes, rs.

    Tomara que ela fique com vocês, eu queria que a Nicole morasse conosco, mas ela não quer pq pegamos mais no pé dela do que a mãe….hehe….a mãe dela educa de forma mais zean, ou leviana…rs.

    Bju bju. Ah, qtos anos ela tem hoje?

  5. Oieee… Ela tem quase 6 anos. Quando conheci tinha 3. Passamos muitas fases juntas e teremos muito mais agora.. é tudo de bom :)

  6. Nossa, achei super bacana isso, em especial o jeito que vc “cativou” sua enteada! Imagino que eles devam ter ciume sim, e acho totalmente errado quando o(a) namorado(a) tem filho e o(a) parceiro(a) não deixa o pai ou mãe ter relação com a criança! Uma prima minha é desse jeito! Tinha ciume da ex do atual marido dela e não deixava ele nem ver a criança! O cumulo do absurdo né? É direito da criança e isso ninguem deveria tirar!
    Achei muito bacana a sua relação com ela! Parabéns viu?

    Beijos!

  7. aaah, aproveitando, a gravidez também virou blog :)

  8. vidadeesposa disse:

    Oi Karina

    Eu acessei o Blog, minha cunhada está gravida da primeira gravidez…enjoando horrores, rsrs….Espero que eu não fique assim, deve ser mto ruim…Ela está com 5 meses, mas a nenem não abre as pernas para vermos o sexo, ihihih….todo mundo na expectativa, pq na familia do marido, todas as netas são mulheres.

    Mais é ótimo q vocês tenham uma boa relação, de mãe e filha mesmo, acho fundamental para a convivência de todos. Ela deve estar adorando a irmãzinha ou irmãozinho…rsrs, já a Nicole, tem um ciúmessssssssss

    Bjoss

  9. vidadeesposa disse:

    Oi Gabi,

    Então o ciúmes eu acho até normal, no começo ela não gostava muito quando eu estava junto com ele quando ele ia buscá-la e não deixava que eu a levasse, caso ele não pudesse ir…Mas fazer o que, tudo isso foi mais forte do que todo tipo de medo ou insegurança que ela poderia ter, hoje nós nos damos super bem e ela gosta de estar comigo, quando o pai dela vai buscá-la ou sair e etc…Ela sabe quem é a mãe dela, e o que eu sou…sabe diferenciar…era besteira a mãe dela achar que a menina poderia misturar os papeis, rs. Quando começamos a namorar o Alex tinha este medo tbm, de ela proibir ele ver a filha por causa de mim, mas ele tomaria alguma decisão drástica, pq é um direito dele e ela não poderia impedir este tipo de contato entre e a filha, eu estando junto ou não…né?! rs

    Bjoss

  10. Mary : ) disse:

    Ah elas são umas fofas!!
    Não esqueço o dia que vocês vieram aqui em casa, a Nicole gosta mais de brincar e a Vitóra gosta de ficar no meio dos adultos né? rs
    O Alex me mostrou uma fotos da Nicole no Flickr, ela bem pequena e outras mais recentes, é tão legal ver esse crescimento, e no seu caso foi bom você acompanhar desde novinha, porque ai é mais fácil de conviver. Madastras boas estão em falta…rs
    : )

  11. vidadeesposa disse:

    É então, a Vitória é metida a adolescente…kkkk..

    Eu fico impressionada, esses dias mesmo comentei com ele: Nossa a Nicole tá enorme né? Até outro dia, era uma “cotoquinho” agora tá quase maior que ele, rs

  12. Karen disse:

    Bom dia, tenho uma história parecida com a sua, mas tenho um problema muito grande ao invés da criança ter ciúmes do pai “EU É QUE TENHO CIÚMES DELA COM O PAI”, Sério não sei mais o que fazer, é uma coisa que toma conta de mim, quando ele elogia ela, beija e faz carinho eu fico brava e com muito ciúmes, meu casamento esta em crise e o motivo é esse.
    Gostaria de ajuda para conseguir esse obstaculo. Ela tem 8 anos e estou a casada a 5 anos, não fui o motivo da separação, e nós duas nos damos muito bem, o meu problema é com o pai dela, meu marido.

    Por Favor me ajudem, não quero que meu casamento acabe.

    Karen

  13. Oi Karen

    O caso é delicado, mas flor…pense que o amor que ele tem por ela, não é o mesmo amor que ele tem por você. Amor de pai é totalmente diferente…eu não sinto o menor ciumes do Alex com a Nicole, porque sei que são coisas diferentes.

    Pensa assim, toda vez que ele elogiar ela, beijar, dar atenção…lembre-se que ele te amará ainda mais, quando entender e aceitar este carinho que ele tem com a filha dele.

    Meu marido me disse uma vez a seguinte frase:

    - Entre você e a minha filha, eu fico com a minha filha. Ela e meu sangue é um pedaço de mim.

    Então amor, desencana, engula os sapos e desistresse…fique firme e pense sempre nisso. Se vc o ama e não quer perdê-lo, ame-a ainda mais….pq vc amando ela, vc entendera esse sentimento que ele sente por ela, por uma criança pura, sem malicia ou maldade.

    Bom, espero ter ajudado, qualquer coisa, me escreva.

    Beijos Van

  14. Elba disse:

    Tenho uma enteada de 8 anos, estou casada a 8 anos, quando fazia 2 meses que estavamos namorandoquando ela nasceu só soube dela, quando ela estava pra nascer, durante esses 7 anos e 6 meses não tive contato com ela, de dezembro pra cá meu marido resolver criar vinculos com ela, ver a cada 15 dias eu o apoiei, fui com ele durante esses 6 meses todas as vezes, agora nesse ultimo mes não estou mais me sentindo confortavel em ir pra são paulo a cada 15 dias, ela mora com a avó que não deixa ela sair sozinha com agente sempre temos que levar os irmãos adotivos dela, não deixa ela passar o fds com agente dormir aqui em casa nem pensar… essas coisinhas foram me irritando, e o fato de ter meu marido durante oito anos só pra mim e agora ter que dividir ele com ela, e tb ele estar vendo a mae dela, não me deixa confortavel, ele anda até reparando em mulheres com olhos claros(as duas tem olhos azuis) de uns meses pra cá. então falei pra ele que não ia mais com ele pra são paulo que ele fosse sozinho que eu não ia achar ruim nem criar impecilhos, só não queria mais me envolver, a menina parece que não gosta da gente não a culpo, afinal nos conheceu agora, mais amor incondicional é so de pai e mãe, ele que tem que cativar o amor dela não eu, me enchi, agora ele fala que eu não o estou apoiando, que eu não sou companheira, é melhor ouvir isso agora do que depois de anos né, achei um absurdo ele me falar isso… a verdade é que eu sei desde do começo que vamos nos separar por conta disso e eu estou disposta a pagar esse preço pra não ter mais que engolir certos sapos… Nao tenho filhos e nem tenho vontade de ter, gosto de crianças, mais não tenho vontade de te-las, minha sogra fala que eu ja deveria ter dado filhos a ele, BRuaca!, se eu tivesse tido filhos agora sairia desse casamento com mais essas bagagens e as dificuldades seriam muito maiores…, sei que sou egoista, mais não consigo me mudar, ja tentei, mais não deu certo, acho uma evolução só por ter tentado, gostaria que ele me entendesse e não me obrigasse a fazer isso com ele, apenas fosse ver ela, passar o dia com ela, e me deixasse quieta na minha é pedir demais, não brigo, não ponho impecilhos, só não quero participar mais disso, pois está me fazendo mal…, conselhos são bem vindos… bjs!

  15. Oi Elba, tudo bem?

    Gata, acho seu caso simples de ser resolvido ou discutido…bom, vou dizer o que eu acho disso tudo e o que eu faria, ok? Desculpa se algum momento eu fui muito sincera, ou escrevi coisas que você pode não gostar muito…

    Vamos por parte:

    - Seu marido tem que ter um papo sério com essa avó, ele tem direitos e pode sim passear só com ela, trazer para ela dormir na casa de vocês e td mais. Acho que a velha manda os irmãos, para poderem passear também e etc. Mas isso não é obrigação do seu marido e sim dos pais desses irmãos.

    - Sobre dividir o marido, pense pelo lado positivo: Ele à vê de 15 em 15 dias…ou seja, todos os outros dias ele é só seu. Porque não agradá-lo e participar deste momento que pra ele é bem especial. Tenho certeza que você sendo companheira dele nestes momentos, ele te verá com outros olhos. E o bom clima na casa de vocês vai sempre reinar. Porque te faz mal? Ver essa cena toda de ex, filhos, alegria e tal? Quando o Alex ia ver a Nicole eu morrida de ciúmes, mas da mãe e não da menina…como vc disse, ela não tem culpa, é inocente e com os tempos as coisas melhoram. Ela irá crescer, ficar mais independente, tente criar um clima tradicional para que isso aconteça.

    - Sobre ele reparar em mulheres de olhos azuis, as vezes ele faz isso para te provocar, fazer ciumes e tal. Acho que você deveria dizer isso pra ele, perguntar se ele quer alguem de olhos claros, já que fala tanto nisso e vc não tem esses olhos. A ex do Alex tbm tem olho verde, e toda vez que ele fala algo sobre a cor, eu dou alguma diretona para ele cortar o assunto, kkkk. Sinceramente, não sei como você consegue deixar ele ir no terreno inimigo… Eu sempre ia junto, pq nunca confiei na ex…vai que ela queira algum flash back, kk. Sei que é idiota, mas eu preferia estar sempre por perto. E as poucas vezes que eu não ia, ele sempre me contava de algo que ela comentava, ou chorava por causa do marido atual…essas coisas para ele ficar com dó e talvez reaproximá-los. Sei lá, sempre fui desconfiada d+ deste relacionamento de ex com filhos.

    - Acho que ele diz que vc não o apoia, pois vc sempre o apoiou nessa história. E de uma hora pra outra começou a achar ruim. Acho também que vc só se separará se quiser, pois você pode sim acompanhá-lo nesses momentos, nem que seja para não sair do carro… Sabe, uma vez o Alex me disse que entre eu e a filha dele, eu não teria a menor chance, pois ela era sangue dele e ele jamais a abandonaria por quem quer que seja.Então, se você o ama de verdade e quer viver bem com ele, encontre uma forma de vocês fazerem isso de uma forma saudável. Mas é claro, essa véia tem que liberar a criança…

    - Acho que filho é uma responsabilidade muito seria. Eu, assim como vc, não tenho filhos e ainda não penso em tê-los. Quero sim ter um filho do Alex, mas sei que isso será uma responsabilidade mais minha do que dele…então só quero ter, quando eu achar que é a hora. Sua sogra é dos tempos antigos, ela acha que filho segura homem, mas agora não funciona mais assim.

    É isso, acho que ele está certo em parte e também acho que você está certa em partes. Ele por ter mais afinidade com ela, pode te envolver e forçar uma aproximação entre vocês. vocês não precisam se amar, mas serem colegas, amigas, quem sabe? Não há mal nenhum nisso..quando você vive com alguém, você pega o pacote completo. E no seu caso, assim como o meu, pegou ex, filhos, sogra, e tudo mais…temos que aprender a viver com isso se queremos seguir com nossos amados.

    Bom, é o que penso. Inverta os papeis (imagine se vc tivesse um filho e ele nao se importasse)…e pense com carinho nisso tudo.

    Beijos

  16. Patricia disse:

    Eu também estou criando uma enteada esta com 8 anos(crio ela desde os 3). A mãe dela faleceu e o pai dela casou comigo. Tenho um bebê de 8 meses e após o nascimento dele ela ficou muito revoltada, desobediente e respondona, também não gosta de tomar banho, e para me provocar, entra dentro da banheira e fica deitada batendo as pernas e me alaga todo o banheiro, chamei atenção dela, conversei e não adiantou ela faz mesmo pra me provocar… Outro dia não aguentei, ela estava deitada na banheira batendo as pernas alagando tudo- tirei ela pra fora da banheira e passei o chinelo na bunda, dei tanto que ela até se mijou, só parei porque cansei. Quando meu marido chegou contei pra ele , e ele me deu a maior força e me deu toda liberdade para educar a menina a meu modo, disse que nunca vai interferir no meu modo de repreendê-la porque eu estou no lugar de mãe, e ela sentiu que não adiantará fazer “fofoca” de mim para o pai, pois ele está do meu lado embora goste muito da dela. Para evitar que isso aconteça novamente, sou eu quem estou dando banho nela, ela morre de vergonha de mim mas deixa… Eu fiquei com muito remorso de ter dado aquela surra nela, e cada vez que olho a bundinha dela com as marcas deixadas pelo meu chinelo fico muito triste, pois sinto que deveria ter me controlado e não ter feito isso . Eu só tenho medo que ela venha me odiar por isso e não me aceitar mais como mãe !

  17. Oi Pati, tudo bem?

    Uma hora ela vai começar a te aceitar, quando a mãe dela morreu ela era muito nova…talvez não se lembre, acho mais que é ciumes da nova irmazinha, do que propriamente para te provocar. Acho que nesta situação, é importante você dizer porque bateu nela, que vc está ali para ajudá-la e não para bater nela, mas que ela tem que se comportar, te ajudar, pq vcs sao uma familia

    Acho que vc entrando no psicologico dela, fica mais facil, rs…

    Vcs sempre se deram bem? Só agora ela está chamando a atenção?

    Bjoss

  18. Talita disse:

    adorei sua relação com a enteada,pois eu tenho uma enteada ela tem 9 anos,ela e super educada e querida adora ir na minha casa,nao tenho nada contra ela,mas o problema sou eu que tenho ciumes dela ,ja tentei inumeras vezes parar com isso mas é uma coisa que vem nao sei de onde acabo ficando mto triste nao por mim e sim por eles que sao maravilhosos e gostam mto de mim.Queria mto poder nao sentir mais isso mas eu tbm nao repasso nada disso pra ela,eu trato mal ,meu esposo qndo ela esta por la =(

  19. Oi Talita

    Ohh minha amiga, você deveria agradecer por se dar bem com ela…Tem tanta madrasta que passa por aqui, que tem enteada que as detestam…dai sim a vida fica difícil. Porque seu marido ficaria dividido entende?

    Tenta sair só você e ela, ou peça para ela te ajudar a fazer um bolo por exemplo… veja ela como uma filha sua e do seu marido…acho que isso pode ajudar a diminuir o ciumes, pois você não terá ciumes de um filho seu, certo?

    Pense que ela não tirará você do seu marido, pelo contrário, se você se der bem com ela…isso só aproximará vocês.

    Tente, tente e tente…não pare de tentar nunca.

    Antes de tratá-lo mal, pense: E se a filha fosse sua e ele fosse o padrasto…você iria querer que ele te tratasse mal, só por causa do seu filho??

    Bom, é o que eu penso.

    Beijos e se cuide.

  20. CIBELE SOUZA disse:

    oi estou com o coração bem apertado,minha enteada mora comigo,a gente eramos otimas amigas ela tem 11anos, mas percebi que depois que nasceu minha filha hoje com um ano e 3 meses ela ta muito diferente,antes eu ensinava as coisas pra ela,ela sempre queria ajudar quando estava perto de eu ganhar nene, e alguem perguntava quem ia me ajudar ela falava que não precisava de niguem, que ela ja sabia faz arroz kkk,hoje a gente tem cada briga,ela não quer fazer nada vive provocando a irmã,quando eu não pego ela resmungando e me chigando pelas costas,ja conversei com ela,que ela ta muito malcriada e ela não era assim,e o pior quando chega alguem,ou meu marido ta em casa ela e um doce vive com a irmã no colo vira outra criança.
    me ajuda o que fazer.

  21. Oi Cybele

    Flor, acho que isso é puro ciúmes da irmazinha…antes ela tinha você só pra ela e agora você precisa dar mais atenção pra sua filha, por ela ser um bebe e etc. Acho que isso é normal, a minha irmã mesmo me batia quando eu era menor, rsrs…

    Acho que uma forma de você tentar amenizar isso é incluindo ela nas coisas que você faz ou mesmo, tentar um passeio só você e ela. Deixe sua filha com seu marido…

    Compre pra ela as coisas de adolescente, tipo maquiagem…explique que ela está crescendo, tá virando mocinha, deixe ela “superior” a uma criança ou mesmo a sua bebe.

    Acho que isso é só uma questão de tempo, até ela saber que você a ama da mesma forma que ama sua filha de sangue.

    Ela te xinga, provoca a irmã, mas é tudo para chamar sua atenção, certeza.

    Bom, acho que eu faria isso…tentaria ter mais momentos só você e ela, conversar, brincar, as coisas que vocês faziam antes da nenem nascer…

    Depois me conte como foi ta?

    Bjoo

  22. Meu nome é jessica tenho 19 anos meu namorado tem 26 anos e uma filha de 4 anos estamos juntos a 8 meses no começo foi bem dificil por causa da mãe da menina ela ja é casada e tudo mas tentava atrapalhar foi na casa do meu namorado fazer barraco e tudo. Depois que tive uma conversar com o marido dela por telefone deste então ela não atrapalhar mais, acho que ela penso que eu teria medo dela, muito pelo contrario ate com ela ja conversei somente pelo telefone nunca a vi pessoalmente, so que a filha do meu namorado e muito mimada, malcriada tudo tem que ser na hora que ela quer do jeito dela. Uma vez fomos leva – la ao shopping não iriamos demorar nesse dia estamos com pressa, a filha dele fez o maior show porque queria bricar nos brinquedos antes da gente levar ela ficou chorando, depois continuar chorando, dai ele a levou em outro brinquedo ela se jogou no chão chorava demais pq não queria ir embora a levamos no Mc’ Donalds e a menina continuou chorando meu namorando para fazer ela parar compror um sorvete enorme detalhe eu disse para ele nao comprar porque a menina não iria tomar, Vocês acredita que ela não tomou o sorvete pq não venho com o canudo! Nem dia ela fez xixi na roupa, se babou foi horrivel . Fo ia primeira vez que brigamos por causa da menina eu disse que ele deveria ter pulso firme, ele disse que da para ir no shopping com criança com pouco tempo, dizendo que a culpa foi minha que naquele dia não tinha muito tempo. Eu disse a ele que a proxima vez que isso aconteceu eu não saio mais, eu perceber que agora depois desse dia ele começo a prestar mais atenção na educação da menina. Me dou muito bem com ela, mas nao gosto de crianças malcriadas e mimadas e dificil agir diante de uma situação desse, as vezes fico com ciumes pq no visor do celular dele eu não deixa minha foto eu sei que é bobagem mas tem coisas que me deixa chateada

  23. Oi Jessica

    Eu penso como você, pra ter criança, ter q ter pulso…eu já comentei algumas coisas parecidas sobre a educação da Nicole, mas sempre dava a minha opinião. Não falava para ele fazer como eu dizia…por exemplo, eu dizia: Se fosse minha filha eu fazia isso e aquilo, mas você quem sabe, a filha é tua.

    Como ele também não gosta de criança mimada, qualquer showzinho da Nicole ele deixava pra lá…como ela via que não ia funcionar, logo parava. Fala isso pra ele, deixa ela experniar, gritar, se jogar…quando ela parar, ele vai atras dela. Vai por mim, dá certo.

    Acho sim que você pode dar sua opinião, mas não se intrometa muito neste fator…a menina é muito criança e qualquer coisa que você dizer, ele pode achar ruim e vocês brigarem feio. Ou seja, não pegue tanto no pé dele, deixe que ele resolva…depois com calma, você diz o que pensa…

    Bom essa é minha opinião ta?!

    Sobre a foto no celular, olha vou ser bem sincera…o amor dele pela filha é 500 vezes maior que o seu. É sangue dele, ele a acompanha desde a barriga da mãe…é um amor incondicional. Por ela, ele mataria…por você, talvez não.

    Admire isso nele e nunca, nunca tente se comparar…são amores diferentes, completamente diferentes. Não fique chateada por isso, acredita que minha enteada cobrou o marido por no facebook dele só ter foto minha?! Ou seja, ela se incomoda também..ele trocou a foto na hora e eu não me importei…eu ate prefiro que seja uma foto da filha, do que fotos de amigos, kkk.

    Desencana do ciumes, com o tempo ele passa =)

    Bjão

  24. adriana santos disse:

    Olá Vanessa, gostaria de saber como vc lida com a mãe da sua enteada? Estou casando em dezembro e estou confusa com relação a isso :( naum quero fazer de nossa vida de casados um inferno, pois amo meu marido…mas as vezes tenho um ciumes…qndo ele vai ver o filhinho q tem apenas 2 anos!! Parece dentro de mim q ele vai ver a mâe, me explica como vc consegue lidar com a situação. :) abraços

  25. Olá Vanessa, gostaria de saber como vc lida com a mãe da sua enteada? Estou casando em dezembro e estou confusa com relação a isso :( naum quero fazer de nossa vida de casados um inferno, pois amo meu marido…mas as vezes tenho um ciumes…qndo ele vai ver o filhinho q tem apenas 2 anos!! abraços

  26. Oi Adriana, tudo bem?!

    Mil desculpas pela demora, deixei acumular as coisas aqui e aí já viu, só agora resolvi….Nem sei se você já casou, já?!

    Sobre sua dúvida, eu tinha o mesmo sentimento…se ele se atrasava um pouco, a gente já brigava e brigava feio. Toda vez eu ia com ele buscar a Nicole e morria de ciúmes da Ex.

    Enfim, com os anos isso passa, vai por mim…você desencana, afinal, se ele quisesse a ex, pq estaria casando com você, não é?!

    O contato com a mãe é normal e vai durar pro resto da sua vida, tente levar numa boa. Sei que é dificil, que às vezes você não vai suportar, mas tente conversar, perguntar…tudo sem discutir ou brigar.

    Hoje eu e ela temos um bom relacionamento, eu gosto muito da Nicole e já passamos horas conversando sobre ela. Seja no telefone, no facebook, hoje a gente conversa sobre tudo…trabalho, viagens, relacionamentos. Não somos melhores amigas, mas temos um bom relacionamento.

    Se você encarar essa situação numa boa e a mãe do filho dele também, tenho certeza que vocês terão um bom relacionamento.

    Agora ele é pequeno e precisa da atenção dos dois em dobro, mas quando ele andar sozinho, entender as coisas, esse contato vai diminuir um pouco, pois tanto ele quanto ela, poderão falar diretamente com o filho das coisas, entende?!

    É isso, boa sorte no casamento e seja feliz. Tenho certeza que você será e terá um lindo casamento.

    Beijos e paciência, este é o conselho ;)

  27. joão silva disse:

    boas…
    precisava de um conselho…
    minha namorada tem 2 míudos,entretanto a gente se juntou…bem..aí até estava a rolar bem,até ao momento que a nossa menina nasceu…
    detesto que ela faça algo sem mim…principalmente com os míudos,tipo dar banho ou assim..pegar nela..
    axo que a quero só para nós os dois,sabe..ela é a minha menina..e eu não passo sem ela..
    depois brigamos porque se eu quero dar algo,a minha filha..bem ela é minha filha…se eu não der quem vai dar????
    enfim…complicado…???
    eu adsoro a minha namorada,mas sou maluco por a minha menina,e quero lhe dar td que nunca tive…

  28. figo disse:

    boas…
    precisava de um conselho…
    minha namorada tem 2 míudos,entretanto a gente se juntou…bem..aí até estava a rolar bem,até ao momento que a nossa menina nasceu…
    detesto que ela faça algo sem mim…principalmente com os míudos,tipo dar banho ou assim..pegar nela..
    axo que a quero só para nós os dois,sabe..ela é a minha menina..e eu não passo sem ela..
    depois brigamos porque se eu quero dar algo,a minha filha..bem ela é minha filha…se eu não der quem vai dar????
    enfim…complicado…???
    eu adsoro a minha namorada,mas sou maluco por a minha menina,e quero lhe dar td que nunca tive…

  29. Oi Pedro

    Olha, eu acho que quando você aceitou juntar com ela, você deve assumir ela e os filhos dela…ou seja, não tem mais o filho dela..e sim os filhos de vocês. Vc deverá educá-los, ensiná-los, assim como vc faz com a sua filha. Acho que você precisa criar os tres como seus filhos, parar de separar esses sentimentos, se nao, a vida vai sempre ser uma briga.

    Bom, tente e veja se as coisas melhoram ai…

    Bjs e boa sorte

  30. paula santos disse:

    oi…coisa do destino ou do google encontrar o teu blog, comeceu a ficar mais feliz depois que comecei a ler e a entender porque pensei que eu mesma fosse uma doida….Enfim uma resumida da minha novela mexicana que parece qu não tem fim até hoje…Nos conhecemos faz uns 2 anos e ele já tinha a filha de 7 mese e eu minha filha de 4 anos, a minha filha nunca foi problema porque a minha passa mais tempo com meus avós porque o pai não me ajuda e trabalho e estudo não tenho tempo para cuidar dela como deveria e o pai dela num ta nem aí pra ela…diferente da situação dele que foi uma separação conturbada judicialmente e finaceiramente…a ex dele sempre fica infernizando…liga toda hora…guarda compartilhada…mas é assim a criança fica cm ele na casa dele com os avós dele o dia todo e só entrega a bebe a noite…final de semana ele fica o sábado todo e domingo de manhã….

    No inicio a criança nunca foi o problema…o problema era ela a ex…ligando…pedindo(dinheiro)..cara de pau q ela tem…por mais q ele pague babá, faz despesas pras 2 casas, plano de saúde da criança, o laser..levar pra passear…tudo ele é um pai exemplar…isso não posso negar….

    Mas…isso tudo atrapalha nosso relacionamento porque ele nunca abre mão por mim…diz que o amor dele pela filha é maior que tudo…que ela está sempre em 1º lugar…isso me afeta porque minha filha nunca foi problema pra ele…ond será que vivo no coração dele?viajar ele só quer viajar com a filha…e a nossa vida de namorados como fica?

    De uns tempos pra cá a criança já tem 2 anos e já é entendida, não quer mais saber de mim, fica com ciúme se o pai dela me beija ou chega perto de mim…descobrimos que a mãe fica botando coisa na cabeça dela…pra piorar a situação a criança a inda me bate…nossaaa to num ataque…num que ro sentir raiva de tudo isso mas as vezes é invevitável…

    O nosso amor é único quando estamos sozinhos nosso canto é tudo lindo e maravilhoso…sem problemas…as únicas vezes que brigamos é por causa disso do jeito q ele cria a filha cheia de vontades, a família dele me rejeiat com medo que ele dê mais atenção pra mim do que pra filha…eu vivo um inferno mas nunca briguei com ninguém nem com a família nem com a ex apesar de ela falar muito mal de mim nunca me rebaixei…tenho a auto estima boa em relação a isso….não sei mais o que fazer…Eu já fiz de tudo até organizar o aniversário da filha já fiz porque a mãe só quer coisa cara e não ta nem aí pra filha….me ajuda?xoro……

  31. Oi Paula,

    Olha só, me desculpe mas concordo com ele quando ele diz que a filha dele é mais importante que você. Assim como tenho a certeza que você como mãe, não largaria sua filha por homem nenhum. O Alex meu marido, já me disse isso uma vez e eu o respeitei, pois não tenho filhos, mas imagino que o amor do sangue, da familia é maior do que qualquer coisa, ainda mais elas sendo apenas crianças.

    Acho que você teria que dar mais atenção a sua filha, do que a filha dele. Deixe a ex pra lá, pq passa, uma hora ela arruma alguem ou cai na real que o casamento dela acabou. Mas ele também tem que cortar as assas dela com relação a grana….acho que vc deve sim dar a sua opnião, mas com cautela, com jeito.

    Bom, é uma situação delicada a que você passa, pois a filha dele será pra sempre…assim como a ex. Voc? terá que saber viver e aceitar todas essas coisas se quiser ficar com ele.

    Sobre a criança te bater, diga a ele que voc? nao aceita e que ele tem que educá-la, pois isso não se faz com ninguém mais velho….educação vem de berço e antes de reprimi-la, peça para ele fazer isso…afinal, ele é o pai.

    Bom, o meu conselho é…se vc ama vá em frente, mas saiba que é uma batalha interminavel e tera muitas coisas dificeis a serem enfrentadas, pelo menos ate essa criança ter uns 15 anos…se cuidar sozinha, entende? Até lá, se quiser ficar com ele, terá que aceitar…infelizmente.

    Qualquer coisa, só escrever.

    Beijos e boa sorte.

  32. Maedrasta disse:

    Olha eu tenho um princesa que é minha enteada de 10 anos, sou eu quem a busca na escola, é pra minha casa que ela vai, toma banho, janta e ainda estudo com elas.
    A mãe só a busca para dormir e quando a busca pois as vezes tem happy hour ou outros compromissos mais importantes e dane-se a filha… é ausente… não liga para a filha e isso me revolta, mesmo eu sendo uma terceira nesse caso. E a guarda é da mãe e ela nao passa para nós (pensao né)… e nao queremos forçar uma situação se nao for vontade da minha enteada, pois por pior que seja mãe é mãe e ela as vezes tem esperança de receber um carinho daquela que se diz mãe.
    Não é facil, pois sou eu quem cuida dela, sou eu quem a orienta sobre coisas de meninas… e ver essa situação me faz sofrer. Depois que saio do trabalho, meu tempo é pra ela e para o meu marido.
    Eu tenho muita fé em Deus para que um dia ela venha morar conosco, pois temos uma relação maravilhosa… ela me escuta, me pede opinião e conta ate segredos de meninas.
    Eu recebi esse desafio de Deus, que tenho feito com muito amor e carinho e espero conseguir chegar na vitoria.
    Li varios depoimentos e me senti a vontade para fazer o meu testemunho. Grande abraço a todos,

  33. Olá Analista,

    Parabéns pela sua atitude, com certeza a sua enteada te considera mais do que uma madrasta, ela confia em você, te vê como amiga, mãe, alguém que ela pode contar pro resto da vida…tenho certeza que seu marido tem muito orgulho de você. Sobre a verdadeira mãe, acho que vocês devem conversar com a criança e ver onde ela quer viver, se optar por vocês vão a justiça, pois com certeza este dinheiro q seria de pensao ela estará usando com coisas pessoais e nao com a criança o que eh um absurdo.

    Bjs e boa sorte

    Vanessa

  34. Miriã disse:

    Oi. tenho 20 anos e sou casada há apenas 03 meses. Durante o namoro, meu marido quase não falava dos filhos (02 e de mães diferentes).
    Mas quando faltava poucos meses pro casamento a mãe da menina de 05 anos pediu para meu marido ficar com ela, pois não podia criá-la, ele aceitou, não tinha o que fazer.
    eu tentei fazer tudo certo. sempre fui da igreja e queria construir uma família de uma forma certa. Mas não estou conseguindo conviver com isso, tem dias que não consigo parar de chorar e nosso casamento está muito conturbado. quando estamos sozinhos é tudo maravilhoso, mas quando ela está junto eu fico triste, tudo está me irritando…
    Eu não estava preparada para isso e acho que nunca estarei. Amo muito meu marido, mas tenho medo de não suportar!

  35. Louise disse:

    Boa tarde!
    Preciso de um conselho, pois meu noivo tem um filho que nunca mais viu devido a ex mulher dele ser uma pessoa difícil e descontrolada… Na ultima visita antes de me conhecer os dois pararam até na delegacia pois ela não aceitava a separação e agrediu o mesmo.
    Já se passaram alguns anos, onde ele abriu mão dos direitos de pai e recentemente comentaram que ela se arrependeu das burrices que levou ao divorcio … Fiquei estressada, chorei, mas depois de alguns meses ele me pediu em casamento e agora faltando apenas 5 meses para que nossa união seja realizada, ele enfiou na cabeça que quer ver o filho… Estou me sentindo triste por achar que esse é o momento que tem que marcar positivamente nossa vida e não começar com brigas, já que tenho consciência que a mesma vai pedir o estagio de convivência com ela… Como vai ficar minha cabeça com ele tendo que passar o domingo todo com ela e com o filho? Estou odiando e isso esta despertando um ciúme, com depressão. Fico imaginando eu tendo que resolver as coisas do casamento sozinha e ele com a antiga família… Sensação horrível… Para variar estou com receio de pedir para ele adiar um pouco esse momento. Estou pensando em fazer terapia familiar, porém com receio do que ele pode pensar de mim.
    Para piorar ele fica me cobrando o tempo todo se estou tomando corretamente o anticoncepcional, afirmando que preciso terminar minha faculdade. Sei que ele tem razão, mas a sensação que me dá é que ele quer curtir a paternidade dele sozinho e me sinto excluída.

  36. Oi Louise, tudo bem?

    Tive essa mesma sensação quando meu marido se separou, mas continuou indo ver a filha. Eu nao podia ir, pois a ex me odiava. Ele so ia busca-la, pois saimos juntos os tres. Minha dor era so na busca e na entrega da crianca, pois era o momento dos dois que eu nao estava por perto e sempre tem alguma conversa, algum assunto. Era o fim ter que espera-lo voltar.

    Com o tempo as coisas se ajeitaram, iamos juntos e eu via que nao acontecia nada demais, teve vezes que eu mesma ia leva-la. Somos adultos e passamos a nos comportar respeitavelmente, eu e a ex dele.

    O meu conselho pra vc eh, converse com ele e exponha tudo o que sente. Apoie a ideia dele de ver o filho, afinal vcs estao casando e construindo uma familia, mas nao se esqueça que o filho dele faz parte da familia de vcs. Nunca se esqueca! O conselho eh aceitar a crianca. Faze-la participar destes momentos, tenho certeza que o casamento tem deixado seu noivo mais sensivel, mais emotivo e talvez arrependido por ter deixado a crianca de lado por causa da mae doida que ele tem.

    Diga a ele que vc quer participar, quer ir com ele, quer ir passear com o filho tambem, faca com que ele te inclua nessa parte da vida dele que ele esta recuperando.

    Acho normal o medo dele caso vc engravide, ele ja foi casado, sabe o peso que a vida a dois traz, e os gastos tambem. Talvez agora seja um momento de vcs, e ele nao quer que uma gravidez mude o rumo dos planos que ele tem com vc: Casar, ter casa, carro, coisas boas, festa de casamento e td o que vc tem direito.

    A EX? A Ex que se lasque. Ela tem que aceitar (mais cedo ou mais tarde), que o pai do filho dela tem outra, esta se casando e construindo uma nova familia. Ela pode querer te prejudicar sim, pode querer atrapalhar sim, mas vc e ELE, principalmente ELE, tera que conduzir a situacao.

    Bom, o segredo de um bom casamento eh a paciencia. Como disse, com o tempo tudo se ajeita…

    Boa sorte e forca na peruca! kk

    Bjs Van

  37. Oi Miriã

    Eh complicado pra mim, pois sempre gostei de introduzir a filha dele em nossas vidas, nossos momentos. Veja ela, como uma parte dele e eh por isso que eu a amo, pois vejo muito dele nela, entende?

    Ja fui muito ciumenta, mas nao por ela, pela ex…e uma vez ele me disse: Entre vc e minha filha, eu escolho ela sem duvida.

    Depois disso as coisas clarearam pra mim e passei a ver nossa vida, com ela inclusa. Sei que ele fica mto feliz por eu ser assim hoje, e com isso, eu tbm ganho, pois ele ve que pode contar comigo e que sou uma pessoa que aceita a filha dele, e tudo mais.

    Eh claro que os momentos a dois sao perfeitos, mas tente se divertir com a filha dele tambem, pense ela como uma filha, uma adocao. Ela nao tem culpa de nada e faz parte da vida do seu marido, como vcs se casaram, faz parte da sua vida tambem.

    Se nao quer perde-lo ou desandar seu casamento, tente ver o lado bom das coisas, tente aceitar e ser feliz com ela. Tenho certeza que ele te tratara bem melhor e vcs ficaram ainda mais felizes.

    Vc eh uma mulher forte, vai aguentar. Pense nisso =)

  38. Ana disse:

    a minha história é um pouco inusitada, pois há 5 anos casei-me e meu marido já era divorciadoha 9 e tinha 2 filhas, na altura as duas tinham 14 e 8 anos.
    A mais nova era neutra mas a mais velha era muito chatinha, mas ambas me aceitaram.
    Meu marido queria muito um filho pois já tinha 2 meninas e então engravidei na lua de mel, e fui muito humilhada pela mais velha que não aceitou a gravidez mas teve que se conformar com a idéia e veio outra menina e para minha surpresa a mais velha hoje continua me odiando porém pegou um enorme amor pela minha filha (as 2 adoram a irmanzinha) .
    A mais velha, gosta tanto, mas tanto que chegou a ponto de querer disputar a maternidade comigo, mete o bedelho onde não deve, diz que não sou boa mãe e que minha filha deveria ser mais bem cuidada, eu sou uma ótima esposa e mãe, todos dizem isto, mas como ela me odeia e gosta muito da minha filha ela arma esses argumentos para me deixar péssima. Já tenho medo dela, pois já tem 19 anos e minha filha tem 4 e ama as irmãs, dorme pra lá nos fins de semana e até a mãe delas adora minha filha, vão passear juntas, vão a praia e dão presentes para minha filha e tudo, inclusive a mãe delas, a ex do meu marido, gosta muito de mim, liga-me e trocamos ideias inclusive sobre o mal comportamento da mais velha que está na adolescência e se acha feia e gorda e tem inveja de tudo e de todos, briga com a mãe, pai, avós e me odeia. toda paciencia que devia ter com as pessoas ela resolveu depositar na minha filha, e diz pras pessoas que ela é a única pessoa que ama minha filha, inclusive disse que a ama mais do que eu própria que sou mãe.
    Ultimamente esta minha enteada tem se comportado de tal maneira negativa comigo que já não consigo suporta-la, só suporto pq ela da a vida pela minha filha e todos do outro lado da mae dela sempre tratam bem minha filha, mas ela já tentou me bater 2 vezes pq quer ditar as ordens de como se cria uma criança, que horas deve dormir, se vai a escola, se come bem, e esta sempre a me vigiar se estou sendo uma mãe perfeita como ela quer. não sei mais o que faço, os pais dela estão do meu lado, pois ela ta crescendo e ficando cada vez pior pq não tem autoestima, pq quer arrumar namorado mas até agora ninguém olha pra ela sequer, apesar de ser uma linda menina loira de olhos claros. quanto a outra enteadinha que hoje tem 13 anos é um amor e a nossa relação é fantástica, até no meu aniversario e natal me liga para da os parabéns e me enche de presentes, e a mãe delas tbm, todas são impecáveis, ta sendo difícil pra mim, pq tudo q faço a minha enteada esta de olho e liga mais de 20 vezes por dia pro meu marido p saber como minha filha está. Nunca convivi com uma pessoa tão chata. e o pior é que ela é a preferida dos pais. e muito inteligente e zomba de quem é inferior a ela intelectualmente. estou farta de tanta humilhação. ajude-me o que devo fazer

  39. Tatiana disse:

    Linda história. Tenho um filho de 9 anos e meu atual marido também tem filhos, uma moça de 24 anos e um rapaz 26. No começo achamos que teríamos problemas com meu filho mas ele adora meu marido, embora seja 16 anos mais velho que eu,também nos damos super bem eu e minha enteada, o meu enteado só conheço por fotos não conheço pessoal(problemas com drogas)espero um dia conhece-lo. Nunca pensei em uma vida assim depois de 11 anos de casados, mas estou muito feliz, amo muito meu marido e aprendendo a dividir meu filho como o pai, pois o pai só pega o menino por obrigação, e meu filho ama muito ele, mas não tem culpa de não saber quem realmente o pai é, espero que descubra aos poucos, pois já falou em ir embora com o pai, pois lá ele tem tudo, festas, sem obrigações, casa boa com piscina, estamos lutando contra o materialismo, para não se influenciar com tudo isso, o mais importante é o caráter.Mas com tudo isso sou muito feliz, espero que meu filho não me abandone, pois vivi por ele, e agora comecei a viver a minha vida.Beijos, desculpe o desabafo.

  40. Rutt disse:

    Preciso muito dos seus conselhos … Pois é, realmente não escolhemos com quem se envolver rsrsrs. Vou tentar ser o mai breve possivel na minha explicação para que vc entenda a minha história. Fui casada por 11 anos e tenho uma linda menina de 10 anos, estou separada a alguns meses (dovorciada legalmente). Pois bem, eu pensava que não iria mais me casar mas me apaixonei por um amigo de trabalho, onde esta separado a mais tempo que eu. Nós dois eramos amigos e confidentes eu sabia tudo a respeito dele e ele a meu respeito. Ee foi casado por 11 anos tb, a familia dele nunca aceito a ex … ela é desequilibrada, grossa, arrogante e etc. Devido a esses e outros fatores, inclusive ele não ama la mais, não conseguiram a diante. Bem, só sei que nos apaixonamos … e estamos juntoa a 7 meses, saimos juntos para uma viagem com as nossas filhas e a filha dele se apaixonou por mim pediu até q se sua manhã morresse, ela queria morar comigo. Só que até então, ela não sabia que estavamos namorando … para simplificar, conheci os pais dele e os 9 irmãos e todos graças a Deus estão me apoiando, estamos apaixonados um pelo outro. Ai que entra a briga a EX dele descobriu a 2 semanas que ele esta namorando e proibio a menina de ficar com ele quando estiver comigo. A menina quis passar o ano novo conosco mas ela não deixou, a filha dele diz que gosta de mim mas a mãe dela não quer ela do meu lado. Outra coisa ela ta enrolando para dar o divório, e ele que banca a casa (aluguel), água, luz, telefone e compras a familia dele não admite mas ele falou que vai entrar com o processo legitioso … atualemte ele mora com os pais. Estamos querendo noivar agora em Março e casar em Dezembro o que vc acha? Como devo agir? E com a filha?

  41. vanessa disse:

    Achei sua historia linda, linda a forma que você escreveu pra se expressar em relação a sua enteada. E sonho ter uma relação ao menos parecida com a minha, que hoje só tem 1 mês. Ela foi fruto de uma separação de 1 ano e meio que tive com o pai dela. Quando eu soube, senti uma enorme raiva, vontade de que ela nunca tivesse sido gerada, cheguei ate dizer pra ele construir sua família que já estava completa e me deixar em paz. Chorei noites e mais noites, disse que nunca queria ver essa criança e terminamos novamente. Mas não teve jeito meu amor por ele falou mais alto, hoje a pego no colo, sempre que vejo algo pra bebês penso nela, sinto como se ela fosse minha filha, a filha que eu não pude ter. Só que tem um porém, não tenho uma relação boa com a mãe dela, e sinto que isso me trará problemas futuramente, pq meu namorado a deixou pra voltar pra mim e sei que isso não ta sendo fácil pra ela. Como devo agir ? você teve problemas em relação a isso ? como agiu ?

  42. Jessica disse:

    Olá,meu nome é Jéssica, tenho 21 anos e há 4 comecei a namorar com Arthur. Como já éramos amigos,assim que sua então namorada terminou o relacionamento e o meu então namorado também,acabamos nos reaproximando e nos apaixonamos. Logo nas primeiras semanas de namoro sua ex o procurou e disse estar grávida. Ele me contou o que estava acontecendo e me disse que mesmo que eu não quisesse encarar esse desafio ele não tinha o menor interesse em voltar para ela, que só queria saber mesmo do bebê. Decidi tentar. Passei por maus bocados,trancos barrancos por conta daquela ex que me infernizava ,mas meu amor por ele só fazia crescer. No segundo ano juntos ficamos noivos e hoje estamos terminando de construir nossa tão sonhada casa, a filha dele é uma baixinha cheia de personalidade e ciumenta que só. Vamos nos casar e não tenho dúvidas de que seremos uma família.
    Hoje eu brinco que ele é meu KInder Ovo hehe, já vem com surpresinha.
    Há e como ainda vamos casar as dicas do blog serão imprescindíveis para me ajudar nessa nova fase.

  43. Oi Jessica

    Isso aí, jogo de cintura, e como ela eh ciumenta tente nao agarrar mto o pai dela na frente dela hehe. Trate-a como uma filha e o amor da família de vcs so tende a crescer.

    E a casa nova, ja tem um quartinho pra ela?

    O labo bom eh: Quando ela nasceu eles ja não estavam mais juntos e pode ser que entenda mais fácil este processo.

    Bom, boa sorte e continue por aqui, com certeza terá coisas interessantes pra vc =)

    Bjoss

  44. Oi Vanessa

    Sim, no começo foi tudo muito perturbado, meu marido nao podia pega-la se eu estivesse com ele. Mas como diz o bom Deus, o tempo tudo cura. Hoje a gente conversa e se ajuda em prol da filha dela que eu tbm considero como minha…Conversamos e tudo, mas nao somos “best friends”, o papo so rola quando temos algo dela pra falar.

    Enfim, de tempo ao tempo, so isso que tenho a dizer. Logo ela arrumara alguem e desistira de vez dele, e consequentemente, largara do seu pe.

    Vc esta no caminho certo, a crianca nao tem nada haver com o que aconteceu. Apoie ela, e seja uma mae reserva como eu brinco as vezes, pois isso fara que ele te admire e que vcs fiquem juntos, pq ELA eh sangue do sangue dele, e isso ninguem muda =)

    Boa sorte e precisando, me escreva =)

  45. Oi Rutt, desculpa a demora.

    A ex esta usando a menina pra prejudicar vcs, isso eh fato. Se a menina gosta de voces ela esta do seu lado, entao, nao deve dar trabalho. Acredito que vc deva ama-la como uma sua, pois ela nao tem culpa da mae louca que tem.

    Se ele que banca a ex, ela deve estar fazendo isso por amor ou simplesmente pra nao perder a fonte do dinheiro, o que eh mais provavel. Eu se fosse vc, o aconselharia a entrar com um processo de divorcio sim, pq so ai ele estaria agindo de acordo com a lei e sendo assim, ela nao poderia prejudica-lo ainda mais (como tirando a filha dele).

    Se a situacao eh segura entre vcs, case-se e deixe que a lei resolva isso. Logo logo essa louca desiste de vez (as vezes demora, mas o dia chega), e vcs serao felizes pra sempre =)

    Boa sorte e qualquer coisa me escreva

  46. Oi Tatiana

    Eh, realmente é complicado. Por mais que tentamos fazer com que nossos amados filhos ou irmas como no meu caso, aprenda pelo lado facil, as vezes eles teimam e querem bater a cara pra aprender. Torço para que seu filho te escute e fique com vcs, para que possam educado como alguem do bem. Mas infelizmente, como em 16 ja pode escolher com quem ficar e se escolher o pai, quebrara a cara.

    Lembre-o que sua porta sempre estara aberta e deixe-o aprender na marra ue. O que podemos fazer? As vezes o que muito protegemos eh o que mais prejudica. Doi, vai doer, mas sao coisas da vida.

    Espero te ajudado. Beijaaooo

  47. Oi Ana,

    Gente que enteada chata mesmo, ela precisa se ocupar com algo. Veja se os pais nao arrumam um trabalho pra ela, quem sabe dai nao surge um namoro. Eh claro que ela faz isso pra te irritar e aposto que vc ja deve ter tentado coloca-la no lugar dela do tipo: quando vc tiver sua filha, vc cria do seu jeito…mas imagino como a peça deve ser.

    Os pais deviam tentar dar um jeito, ensina-la a ser mais humilde, te respeitar. Mas como ela tem 19 anos, nao eh nenhuma criancinha, ela eh midada e precisa de licoes! Isso a vida dara.

    Bom, nao tenho ideia do que te aconselhar, tente evita-la e fazer com que so fale com o pai…quem sabe assim ela te de um ar. Avise-o que nao da mais pra vc, nem conversar com ela, pq ela so te humilha. E quando ela for ai, deixe na conta do seu marido, pra supervisionar as duas. Acho que faria isso, manteria distancia ate ela se ocupar com algo e amadurecer!

    Me diga como anda tudo, fiquei ate curiosa, rs

    Beijos e boa sorte

  48. ROXAINE NAUFEL disse:

    Olá, tenho uma enteada de 8 anos que me adora, claro que não é facil pois eu não piscólogicamente desenvolvida pra aceitar essa situação, mais o que se pode fazer não é mesmo? eu e o Léo namoramos por 1 ano e pouco e decidimos morar junto, o começo foi muito dificil pois ele não me beijava, não me abraçava e nem pegava na minha mão quando estamos com a Mariana. Não queria me levar no aniversário da menina e eu enloqueci, até que ele resolveu me levar e querem saber? me senti em casa como se estivesse numa festa de algum conhecido, até tiramos fotos e inclusive está no facebook da mãe dela…o Léo com a ex mulher nem se olham, não se comprimentam e não se falam. Enfim o foco não é esse, por mais que eu goste dela é dificil pra mim realmente aceita o passado do meu marido pois ficamos separados por 3 meses…voltamos e estamos morando junto até decidirmos a data do casamento. A Mariana é uma criança esperta, inteligente, meiga, mimada e carente. Pois é a unica neta minha sogra falta ” lambe a bunda dela” me da nojo de ver, porém ela fica chata quando esta com a familia do meu marido pois quando estamos apenas nós 3 ou só eu e ela eu nãoptenho do reclamar. Vejo nela que ela não estrutura familiar, ela é carente, ele sempre está comigo ela vem e me pede algo quando estamos em algum lugar isso com a minha familia pois quando está com a familia do pai ela nem me da bola, ela vem deita no meu colo…sempre arruma um jeito de encosta em mim, pega na minha mão…tenho dó…hj em nossa casa ela tem um quarto dela, com a cama e o guarda roupas que eu escolhi, e eu e o pai dela sabemos que ela não tem isso com a mãe, ela não tem uma cama pois devide com a mãe, as roupas dela fica no guarda roupas da bisavó,pois a mãe da Mariana mora com a vó dela..a menina me disse que gosta de fica na casa da vó ( minha sogra) pois lá ela tem bicicleta, patins, computador e na casa dela não tem nada disso além de não ter espaço. A mãe dela não faz nada, ela não mora numa casa limpa e organizada…uma vez ela me disse que come miojo de um dia antes que a bisa, coloca batata acho que pra melhora o cara do miojo de ontem, que a mãe muitoooo de vez em quando faz panqueca e macarrão com broculis, sinto que eu preciso ser a mãe que ela não tem, ela me adora e eu nem me esforço pra isso…tudo ela me inclui, ela considera nós tres como familia dela…eu preciso muda meu comportamento e o modo de pensar, pois ela precisa de mim e do pai, pois estão TODOS contra nós..eu e meu marido, isso por parte da familia dele, então devem encher a cabeça dela…precisamos ajudar ela, pois é uma criança carente que precisa de atenção e eu vejo nos olhos e na euforia dela o quanto ela fica feliz de estar com nós. Ela vem de uma familia desistruturada pois a mãe deu o golpe da barriga, meu marido foi forçado a casar…não tinham vida de casado, a mãe nunca cuido dela, se separaram quando ela tinha 4 anos…vive largada pois cada dia ta em um lugar…preciso de uma ajuda pra aceita a situação.

  49. mari santos disse:

    Tenho minha enteada e não consigo manter uma relação boa. Já tenho minha filha e estou gravida de novo ambas são do pai dela. Ela e mal educada debochada e fala comigo como se eu fosse um cachorro ou a empregada dela vou te dar um exemplo. Faltava 5 minutos pra terminar a novela meu marido pergunto se eu não ia dar janta a ela e respondi que sim q já ia terminar a novel . A menina me olhou e disse te levanta dai e vai servir minha comida. Dei a aquele olhar matador pra ela e ela falo não ta me ouvindo ? Vê se tem cabimento isso ela só tem 5anos. Pra não brigar e chingar ela me afastei sabe as vezes finjo que ela não existe mas isso tah acabando cm o meu casamento pq ela mora com a gente ajudaaaaaa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>