5 mai 2015

Os primeiros dias de amamentação que ninguém te conta…


Os primeiros dias de amamentação que ninguém te conta…

Depois de sofrer com as contrações e com todo o processo do parto, você conhece o amor da sua vida e logo chega a hora de você alimentar o seu anjinho. Como tive cesária e não estava sentindo meu corpo, a enfermeira abocanhou o Zack no meu seio, ele mamou como se não houvesse amanhã e fui com ele no seio direto pro quarto.

Essa primeira mamada não doeu, tive uma cosquinha na verdade… mas como sabem o leite só desce depois de 3 dias e meu nenenzão com mais de 4kg não se satisfazia só com o colostro. A enfermeira me sugeriu usar a maquina elétrica pra tirar o colostro e assim fazer com que o peito fabricasse mais leite…segui o conselho e me ferrei!

Eu simplesmente vivia com a maquininha no peito (dia e noite), tentando fabricar leite e não saia nada. Eu levava 2 horas pra tirar 20ml de colostro e ele mamava em 2 segundos, so se satisfazia com 50ml. Tive que dar o Nan algumas vezes, pois ele chorava de fome e eu chorava de desespero, me sentindo a mais incompetente de todas, por não conseguir sustentar meu filho.

P.S: Aqui quando a enfermeira vem com o leite tipo Nan, você tem que assinar uma autorização dizendo que esta ciente do que esta fazendo com seu filho, dando um leite que não é o materno…a sensação de assinar este papel é muito ruim, parece que você está fazendo algo MUITO errado. Enfim…

Um dia usei a merda da maquininha das 7 as 2 da tarde, praticamente sem parar (seguindo a recomendação de uma das enfermeiras para não dar pausa) e quando trocou o turno, a próxima me mandou parar, pois aquilo não existia, era muito tempo. Dei graças a Deus, pois o bico do meu peito já estava todo machucado e inchado, e depois que parei eu não conseguia colocar nada que encostasse nele. Fora que meu corpo realmente fabricou o leite, mas não podia alimentar o Zack com o bico machucado (tinha bolhas de agua e sangue), então não conseguia nem mexer o braço de tanto que meu seio estava inchado e dolorido de tanto leite que eu tinha. Foram os piores dias da minha vida, cada uma dizendo uma coisa e ninguém resolvendo meu problema…

O pior foi que toda essa produção me deu febre e a médica me segurou no hospital por mais 2 dias (5 no total), com medicação na veia e com bateria de exames…ela queria ter certeza que aquela febre não era alguma infecção da cesária. Quis morrer…

Cuidado com essas máquinas de ordenha, de uma pausa de pelo menos 2 horas para a próxima ordenhada. Deixe que seu corpo se encarregue das coisas…

Até que uma Santa entrou na minha vida, e com toda paciência do mundo, me ajudou a segurar o Zack de um jeito diferente e dar o peito, mesmo que ainda machucado um pouco…Me ensinou a só colocá-lo quando ele abrisse bemmm a boca (como a foto no topo), pois caso contrário pegaria só o bico do seio e me machucaria outra vez. Treinamos várias vezes e finalmente consegui sozinha. Eu tinha ido a aulas de amamentação,  li a respeito, mas a prática…essa minha amiga, é bem diferente!

Depois que essa Santa entrou na minha vida, me acalmando e me mostrando que depois daquela tempestade vinha a calmaria, meus problemas acabaram. Minha febre sumiu e finalmente tive alta.

O bico do seio “calejou” (como preveu minha mãe), demorou um mês mais ou menos pra ficar 100%, mas hoje nem sinto dor, produzo ainda muito leite e meu gordinho mama que é uma beleza  :-P

Acompanhe o Blog através das Redes Sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>